sexta-feira, 31 de março de 2006

quinta-feira, 30 de março de 2006

50 visitas por dia

O blog PNL-PORTUGAL está em crescimento contínuo.
Depois de diversas oscilações atingiu neste momento as 50 visitas por dia.
São visitadas diariamente 65 páginas por dia.

Sobre continuidade... claro que isto só tem significado se os visitantes do Blog puderem continuar a encontrar respostas significativas e inspiradoras para os seus problemas.
Os pnlianos activos no Blog têm o privilégio agora de poder contribuir neste momento para uma vida melhor de todos os que nos consultam. Todos os pnlianos com o mínimo grau de practitioner podem fazer isso através dos seus conselhos inspiradores.

José Figueira

Aos pnlianos portugueses

O PNL-PRTUGAL blog
ou contribui com eficiência para uma nova visão da vida em Portugal
... ou não!

O Blog abre um caminho para novas possibilidades
e faz tremer convicções obsoletas nos seus fundamentos
e leva-nos, um por um, à realização dos sonhos ecológicos globais
e inspira, sobretudo inspira...
Faz despertar do transe negativo, da aceitação impensada e do medíocre
na direcção do transe da realização da utopia global:
- da realização HUMANA
- da DIGNIDADE DA CONDIÇÃO HUMANA que a separa do animal e do inanimado...


E se o PNL bloger não consegue isso:
- é melhor que se cale! É que não adianta nada às dores do mundo.

E é por isso que:

Procuram-se (sobretudo) REBELDES!

(Practitioners que ainda não colaboram, peçam a vossa inscrição!)
pnl-portugal@mail.telepac.pt

A essência da PNL, o exemplo dos enamorados!


Ele constói uma representação interna, por exemplo:
- "Ela pensa que eu sou louco!"
Ela constrói uma representação interna:
"Ele é mesmo de endoidecer""

Como é que eles se saiem desta? É este o objecto da PNL!

PNL como instrumento de auto realização

A Programação Neurolinguística (PNL), em inglês Neuro-Linguistic Programming (NLP), possibilita uma tomada de consciência maior pelo que uma pessoa vê, ouve, sente, pensa, diz e faz – é a conquista pessoal na organização da vida, seja no ambiente de família, com os amigos ou no trabalho.
Com a ajuda das ferramentas e levando consigo o desejo de aperfeiçoamento contínuo, o indivíduo auto realiza-se e cresce em qualidade de vida.
A PNL age a tal nível que toda a intervenção num contexto tem inevitavelmente consequências em todos os outros contextos da vida. Daí possivelmente a sua grande influencia no mundo neste momento.
Conhecida pela misteriosa abreviatura PNL, desenvolveu-se a partir dos anos 70 na Califórnia, em Santa Cruz. Os seus fundadores são Richard Bandler, então estudante de matemática e informática e mais tarde de psicologia e John Grinder, professor de linguística. É uma ciência e arte prática, de carácter eclético, que continua mais do que nunca a criar activamente uma renovação a partir de diversas correntes dentro e fora da psicologia.
Diversas disciplinas formaram a base da PNL. Algumas das mais importantes figuras da recente ciência e terapia a que os fundadores da PNL estão ligados são Fritz Perls (Terapia Gestalte), Virgínia Satir (Terapia Familiar), Milton Ericson (Hipnoterapia), Gregory Bateson (Teoria dos Sistemas), Korzybski (Teoria do Conhecimento e Linguagem) e Noam Chomski (Gramática Transformacional). É relativamente fácil encontrar raízes da PNL no construtivismo de William James assim como encontramos cada vez mais PNL na psicologia cognitiva moderna.
http://www.pnl-portugal.com/artigos.htm

Os homens são como os tapetes: às vezes precisam de ser sacudidos.

Há dias...
"Há dias em que me sinto um insecto, e outros em que me sinto um párabrisas"
Price Cobb

Publicado por: tt / 21:10
backBlog('114340384439188513','Curral da Mula News')
Um koice de manuel tavares Feedback

Manias
"Só escrevo porque tenho receio de dizer algumas coisas em voz alta"
Publicado por: tt / 21:09
backBlog ('114340376289787358','Curral da Mula News')
Um koice de manuel tavares Feedback

Citações
dum practitioner de PNL em
http://www.curraldamula.blogspot.com/

A WISE GUY


“How To Become A Wise Guy”
com PNL

Flowing Through Transitions, com Robert Dilts

De hecho se dice que en un sistema dinámico “la única constante es el cambio”. El cambio es la base tanto del crecimiento como de la destrucción. Así, el cambio puede ser un problema o una solución de acuerdo con el impacto que tiene en el sistema. Poco cambio puede llevar a estancamiento y rigidez. Mucho cambio puede crear caos y desorden.

La adaptación y evolución efectivas son el resultado del equilibrio entre cambio y estabilidad. Hay distintos niveles de cambio dentro de un sistema. Para los seres humanos, el cambio puede ocurrir al nivel del entorno, del comportamiento, de los pensamientos, de nuestras creencias y valores y de nuestra identidad. Cada nivel de cambio involucra diferentes dinámicas y poseen distintos impactos sobre uno y sobre su vida.
La habilidad de manejar con eficacia el cambio y fluir a través de las transiciones se refiere a desarrollar tanto estabilidad interior como flexibilidad en todos estos niveles.

http://www.aepnl.com/articulo.asp?id=157
Asociación Española de PNL

EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA

"A mente que se abre a uma nova idéia jamais volta ao seu tamanho original".

Albert Einstein

quarta-feira, 29 de março de 2006

Padrões de pensamento social

Já Korzybski dizia:
"Não é o mundo que cria problemas psíquicos nas pessoas. É sim a maneira de como as pessoas se representam o mundo!"

A pergunta tanto em PNL como no Panorama Social é a mesma:
"Como se pode transformar rapidamente a maneira de como eu mesmo ou o cliente se representa o mundo, como transformar a forma de como nos representamos a nós mesmos e nos representamos na nossa relação com os outros de modo a realizarmos mais facilmente os nossos objectivos e alcançarmos um alto grau de satisfação pessoal?"
A resposta mais imediata do Panorama Social está inserida no pressuposto:
- a localização de mim e do outro que inconscientemente é projectada no meu espaço mental de 360º a 3 dimensões, determina a minha relação com o outro.

A solução?
1. Relocalize as posições mentalmente levando-as para áreas mais funcionais;
2. Leve "Recursos", estados emocionais positivos, às localizações não funcionais de modo a que se opere automaticamente uma relocalização mais eficiente e aceitável.

http://www.pnl-portugal.com/social_panorama_artigo.htm

Colaboradores

Se tem um certificado de practitioner internacional
pode colaborar no blogue PNL-PORTUGAL.
O blogue pode ser um ponto de encontro,
pode servir para o desenvolvimento da visão sobre a PNL,
para nos pôr ao corrente do crescimento da PNL em Portugal,
para nos colocar em contacto com o mundo,
para nos inspirar,
para nos ajudar a integrar os conhecimentos,
para incentivar novos caminhos, provocar caminhos obsoletos,
para crescer, sobretudo crescer...

Se tem um certificado internacional de Practitioner de PNL e
quer colaborar e ainda não faz parte da lista:
envie um e-mail e receberá um convite para entrar!

pnl-portugal@mail.telepac.pt

The premier internet site for all things ... NLP

QUANDO ME AMEI DE VERDADE

"Quando me Amei de Verdade, percebi que a minha mente me pode atormentar e decepcionar. Mas quando a coloco ao ao serviço do meu coração ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é SABER VIVER"

Charles Chaplin

Mirror Neurons

A recently discovered system in the brain may help explain why we humans can get so worked up watching other people.

A Dinâmica da Espiral

A existência humana, segundo Graves, contem numerosos, provavalmente infinitos modos de ser, enraizados precisamente nos imensos potenciais do cérebro hierarquicamente estruturado da humanidade. Mas a dinâmica humana faz com que diferentes indivíduos estejam a viver em diferentes níveis de percepção, visões do mundo e estilos de vida. Num mesmo país, numa mesma rua, encontramos indivíduos cujo estádio de desenvolvimento se distingue dos seus vizinhos, se bem que a tendência seja para se agruparem em função da partilha dos mesmos sistemas de crenças, valores, visões e níveis de existência.
Assim, cada um dos sucessivos estádios, ondas ou níveis de existência é uma condição pela qual as pessoas passam no seu percurso rumo a estádios de existência distintos, com psicologias próprias e ajustadas a cada nível: sentimentos, motivações, ética e valores, bioquímica, grau de activação neurológica, sistema de aprendizagem, sistemas de crenças, conceito de saúde mental, conceitos e preferências relativamente a negócios, educação, economia e teoria e prática políticas (Graves,1984).

Leia, se quiser, o artigo completo sobre Spiral Dynamics em
http://neuroeconomia.blog.com/598087/
Neuroeconomia
Neurociências e Decisões Económicas (CENTRO DE ESTUDOS DE NEUROECONOMIA)

segunda-feira, 27 de março de 2006

O que é a PNL?

A Programação Neurolinguística é uma ciência de carácter prático nascida na América e em constante crescimento em todo o mundo que tem como fim o desenvolvimento pessoal, a optimização do desempenho e o preenchimento significativo da vida.
A PNL oferece uma visão sobre as estruturas e os processos inconscientes que formam a base da comunicação connosco e com os outros. A experiência subjectiva que nós próprios criamos, a relação e a interacção entre pensamentos, sentimentos, emoções, valores, convicções, são responsáveis pela maneira como comunicamos com os outros e como comunicamos com as diferentes partes de nós próprios.
Os modelos da PNL, criados originalmente por Richard Bandler e Jonh Grinder na Califórnia nos anos 70, foram desenvolvidos com base na observação de pessoas de sucesso nos campos de ciências como a linguística, neurologia, cibernética e psicologia, e em diversos aspectos das actividades humanas. Os modelos são copiáveis, de modo que, em princípio, a excelência, em qualquer aspecto da vida, pode ser alcançada por todos nós.
É possível empregar a PNL em inúmeras actividades, como por exemplo, no ensino, na formação, na saúde, na publicidade, nas empresas, em todos os nossos encontros diários e, sobretudo, como pedra angular de todos os êxitos, ao serviço do crescimento individual, no nosso desejo de auto-realização.
Neste novo conceito estão centrados o sentido de totalidade, a responsabilidade pessoal, o respeito, a integridade, a curiosidade, o entusiasmo, a dinâmica, o bom humor e, sobretudo, a qualidade no trabalho e em todas as facetas da vida.
http://www.pnl-portugal.com/o_que_a_pnl.htm

Terminou o 14º practitioner no IPPNL



Cenas do último fim-de-semana

Cenas do 14º practitioner



Cenas do 14º practitioner



Cenas do 14º practitioner





A GRANDE FINAL!

Apresentando


O penúltimo dia do 14º practitioner no IPPNL (Fátima)

Terminou o 14º practitioner

Terminou o 14º practitioner

Felicitações merecidas!

Imagens do 14º practitioner

Imagens do 14º practitioner

Apresentações no dia do feedback

Imagens do 14º practitioner

Apresentações no dia do feedback

Criando durante 14º practitioner

Novos practitioners na ciência e
ARTE da PNL

14º Practitioner

Manifestações artísticas na Noite da Balda

Imagens do 14º practitioner

Imagens do 14º practitioner

Sessão de autógrafos!

Festejando!

Celebrando o sucesso do 14º practitioner

O fecho do 14º practitioner

9 cursistas já certificados do 14º practitioner

sexta-feira, 24 de março de 2006

Uma metáfora animal

Os dois lobos

Um dia, um velho Cherokee contou ao seu neto acerca da batalha que se trava dentro das pessoas.
- A batalha é entre dois lobos dentro de nós.
Um é o Mal. Aparece como raiva, inveja, ciúme, lamentação, culpa, arrogância, ressentimento, auto comiseração, inferioridade, mentira , orgulho, superioridade e ego.
O outro é o Bem. É composto de alegria, paz, amor, esperança, serenidade, humildade, simpatia, benevolência, generosidade, compaixão, verdade e fé.
O neto pensou acerca disto durante uns momentos e perguntou ao avô:
- Quem ganha?

Respondeu simplesmente o velho Cherokee:
- Aquele que alimentares.

Leitura rápida

Sguedno um etsduo da Uinvesriadde de Cmabgirde, a oderm das lertas nas pavralas não tem ipmortnacia qsuae nnhuema. O que ipmrtoa é que a prmiiera e a utlima lreta etsajem no lcoal cetro. De rseto, pdoe ler tduo sem gardnes dfiilcuddaes... Itso é prouqe o crebéro lê as pavralas cmoo um tdoo e nao lreta por lerta.
"O SÉCULO XXI, TERÁ DE SER UM SÉCULO EM QUE O AMOR SEJA O ÚNICO VERDADEIRO PODER"!

Maria José Costa Félix
In Vamos Falar de Amor

quinta-feira, 23 de março de 2006

PNL-PORTUGAL

De Alexandre O´Neill
um excerto de um poema:

é tempo de unir no mesmo gesto
o real e o sonho é tempo de libertar as imagens
as palavras das minas do sonho a que descemos
mineiros sonâmbulos da imaginação

COMO NUM JOGO DE DUPLAS: uma lição de excelencia humana.

Doutor, acho que estou com problemas de atenção. Não consigo me fixar numa coisa só. Até no jogo de tênis, esporte que sou muito bom, eu me distraio na hora da partida, com todas aquelas pessoas me olhando. Fico assustado. Dá um branco e eu erro tudo.
Meu treinador me diz:
“Ô rapaz, você tem que jogar assim e assim... aí tu vence teu adversário. Pode acreditar. É só fazer como eu to lhe dizendo.”
Aí eu tento fazer como ele me diz ....mas na hora trava tudo. Não sei mais como era pra fazer. Eu me perco e perco a partida. Fico de cara comigo mesmo.
Na escola eu também me distraio com qualquer coisa. Leio e não fica na cabeça.
O que o Sr. Acha que eu devo fazer?
Você já jogou em duplas?
Sim. Já. Por quê?
Porque é diferente de jogar sozinho. É mesmo muito diferente. É bem diferente. Você precisa não só saber de si como saber de teu companheiro. Os dois jogam um com o outro contra os outros dois do outro lado da rede.
É de um lado tem dois, uma dupla, com cada um jogando com o outro e do outro lado outros dois fazendo a mesma coisa.
E quanto melhor cada dupla se entender entre si melhores condições vão ter de jogar com a outra dupla e ganhar a liderança da disputa.
É.
Se você reparar bem nunca joga sozinho. Você joga acompanhado por si mesmo. Você e você mesmo. Se os dois não jogam em dupla, pára tudo. É como se os dois tentassem pegar junto a mesma bola e acabam se atropelando ou ao contrário, um fica esperando pelo outro e a bola corre no meio , livre e solta. Ninguém rebate. Ou ficam tão preocupados com o modo como o outro vai fazer que não têm atenção para os do outro lado da rede. Uma boa dupla jogando parece que é uma única pessoa. Um sabe onde o outro vai estar, mesmo sem falar. É uma comunicação incrível.
É mesmo. Se entendem só no olho e no modo como se movimentam em quadra.
Tô entendendo.
É como se a gente, mesmo individualmente, jogasse em dupla consigo mesmo....eu acho que muitas vezes eu me sinto muito sozinho em campo....minha auto estima fica muito baixa. Não me sinto jogando comigo mesmo numa boa contra o adversário.

Afinal a palavra auto-estima vem de fazer uma estimativa de si mesmo. O eu apreciando o eu mesmo. Auto estimar-se é como fazer uma idéia de si. Isso não dá pra fazer quando a gente se sente sozinho em relação a si mesmo e precisa dos outros para dizer como a gente deve ou não agir.

Cada um de nós se comunica consigo mesmo jogando em duplas, sendo uma parte a idéia, a consciência e a outra a ação. A idéia dos outros não pode comandar a ação da gente mesmo. Por isso idéia e ação vêm juntas como uma dupla desde que a gente se conhece por gente. A interação humana é assim como um jogo de duplas entre o eu e o outro.
Não é o teu treinador lá fora, um estranho, que vai dizer a primeira e nem a ultima palavra a respeito do modo como você vai jogar. Existe uma espécie eu interior que se comunica com você como uma voz, imagem ou sensação orientando suas jogadas. A pergunta é como cada um de nós tem acesso à esse eu interior. Te treinador interno. Esse não é um estranho. Quando nossa cabeça recebe instruções que não vem da nossa cabeça ela tranca ou rejeita. É uma espécie de mecanismo de defesa contra idéias estranhas. Aí a gente tranca. Só vai adiante quando a gente instrui a si mesmo. Que nem aquela história do burro empacado que só obedece a voz do dono.
Alem disso a intenção do jogo tanto no plano interno quanto externo é a cooperação. Aí fica ainda mais interessante, pois erro ou acerto tem o mesmo valor: a aprendizagem.
www.neurocom.com.br

Pensamento do dia 23/3/2006

"Sem que se faça um presente não pode haver um futuro."
João Cabral de Melo Neto

quarta-feira, 22 de março de 2006

SOBRE OS FUNDADORES DA PNL:
O que se tem visto há muito por esse mundo fora acontece agora em Portugal

Acabou de me chegar a notícia que vai iniciar-se já em Março o primeiro curso para practitioners do InPNL-Instituto Internacional de Programação NeuroLinguística.
O curso será ministrado por Luzia Wittmann, Ana Karina e Jairo Mancilha.

Não resisto a manifestar aqui o meu entusiasmo. Acontece finalmente, depois de cinco anos praticamente sozinho, o que tanto esperei.

Finalmente vejo os frutos que desejei ver ao tomar a iniciativa há alguns anos atrás de vir para Portugal.
Tanto que eu repeti nos meus cursos: que cresçam mil canteiros!
Fantástica iniciativa a vossa.
E é fantástico que se tenham junto pois um trabalho em conjunto, certamente com o apoio do Jairo, só pode significar pulos de qualidade.
O sucesso está garantido, parece-me. Onde quer que eu chego neste momento, falo de PNL e fico espantado pois há alguém que já ouviu falar nisso.
Infelizmente ainda há muito poucos cursistas que tiveram a coragem de por conta própria se levantarem e irem para a frente na senda da aplicação, propagação, coach e ensino.
A Luzia e a Karina, vocês são pioneiras no treino para além doutros que já se lançaram no campo do coach com PNL. Parabéns!

Com a vossa experiência, o vosso esforço, o vosso trabalho em conjunto e a colaboração do Jairo, a PNL em Portugal começa a diversificar-se.
E a PNL é isso.
Parabéns e obrigado!
José Figueira

terça-feira, 21 de março de 2006

Remédio para todos os males?!...

« L’obscurité ne peut pas chasser l’obscurité ;
seule la lumière le peut.
La haine ne peut pas chasser la haine ;
seul l’amour le peut. »

Martin Luther King

Sobre o impacto da comunicação

O professor Mehrabian da Universidade da Califórnia em Los Angeles estudou, numa investigação já considerada clássica, as reacções das pessoas à comunicação viva. Ele descobriu que o impacto da comunicação no receptor dependia de três factores que identificou e quantificou em percentagens: 7% do impacto corresponde ao emprego da linguagem; 38% às características do som empregue na linguagem, volume, tonalidade, timbre, etc.; e 55% à comunicação corporal, postura, movimentos, respiração, etc..
No fundo o impacto resume-se nisto: 7% de conteúdo e 93% de pacote.
IV CONGRESSO LATINO AMERICANO DE PNL

De 7 a 10 de Setembro em CAMPINAS - SP

O congresso deste ano vai contar com Robert Dilts na abertura e também ministrando um curso pré-congresso nos dias 5 e 6.

Informações e Inscrições: Tel. (19) 3253-3030
www.actius.com.br

A página com mais informações sobre o congresso em breve estará disponível.

CURSOS PRÉ-CONGRESSO:

5 e 6 de Setembro (9 a 18 horas) COACHING EM NÍVEL DE IDENTIDADE - programa Apoiando mudanças Transformacionais – Robert Dilts (USA) & Deborah Bacon (França)

PANORAMA SOCIAL: O mais novo modelo na PNL – Lucas Derks (Holanda)

LINGUAGEM HIPNÓTICA E TRANSE CONVERSACIONAL Paul Adler Ph.D. (USA

sábado, 18 de março de 2006

Associação Portuguesa de PNL

Esta semana será enviado um convite a todos os portugueses registados com um diploma internacional de practitioner em PNL. O fim é adquirir os primeiros sócios da APPNL que serão os sócios fundadores da Associação Portuguesa de Programação NeuroLinguística.
A quota é neste momento de 20 euros por mês até uma fixação definitiva pela direcção da APPNL (dentro de dois a três meses no máximo).
Serão também dados a conhecer brevemente os primeiros corpos gerentes da Associação que terão como fim pôr a Associação de pé. Estes corpos gerentes manter-se-ão no cargo até à primeira eleição democrática na primeira Assembleia geral.

Clinical field research

My Uncle Bill taught Guatemalan radio technicians in record time by locking them up in a workshop full of broken radios. They learnt in what we would call an experimental setting. "Within two weeks all the radios worked," said my Uncle proudly, "and the boys knew more about electronics than after a year in college." In the same way I learnt a great by trying to help people improve their social lives. I closeted myself with psychotherapy clients who had 'social problems'. Data collected in such a manner seldom reach the level of verifiability that quantitative researchers require. As Albert Einstein put it, "Not everything countable counts. And not everything that counts is countable." The lack of statistical certainty in this study is compensated by the robustness of the reported phenomena.
In general, I hope that this book adds to the development of a methodology for what Charles Faulkner insists we should call "applied cognitive linguistics".

in "Social Panoramas, changing the unconscious landscape with NLP ans psychotherapy", Lucas Derks. (alguns exemplares disponíveis emLisboa e Fátima)

quinta-feira, 16 de março de 2006

Está praticamente em vias de surgir:

A Associação Portuguesa de Programação Neurolinguística!
Estão activamente trabalhando para este evento alguns dos pnlianos que se inscreveram para os grupos de trabalho com o fim de aprofundarem os conhecimentos e difundirem a PNL em Portugal.

UM GRANDE DESAFIO MENTAL EM 10 DIAS

O seguinte texto de Tony Robbins foi já publicado neste blogue a 5/11/2004:

O GRANDE DESAFIO
1. Durante os próximos dez dias recuse pertinentemente todos os pensamentos, sensações, questões, palavras, metáforas com uma implicação triste ou negativa.
2. Se se surpreender com um desses pensamentos negativos – o que muito possivelmente acontecerá – faça a si mesmo(a) as perguntas matinais e nocturnas, começando com as perguntas para a resolução de problemas.
3. Cada manhã, ao acordar, responda às perguntas matinais. Antes de adormecer responda às perguntas nocturnas. Isto tem um efeito miraculoso para o(a) ajudar a sentir-se bem.
4. Durante os próximos dez dias concentre-se exclusivamente e de forma total na solução e não nos problemas.
5. Se apesar de tudo acontecerem pensamentos, perguntas, sensações de carácter negativo, não se culpabilize. Transforme-os imediatamente. Se contudo os pensamentos ou sensações negativas se mantiverem, nada perdido, então espere até à manhã seguinte para começar de novo ao seu período de treino mental de dez dias.

A SOLUÇÃO ESTÁ NAS PERGUNTAS

PERGUNTAS MATINAIS
1. Sobre que coisas da minha vida me sinto feliz? E o que exactamente me faz sentir feliz? Que sensação me dá?
2. Sobre que aspectos da minha vida estou neste momento entusiasmado(a)? E o que precisamente me entusiasma? E o que é que exactamente me excita? Que sensação me dá isso?
3. Do que é que estou neste momento orgulhoso(a) na minha vida? E o que é que exactamente me faz estar orgulhoso(a)? E que espécie de sensação isso me dá?
4. Do que estou agradecido(a)? O que me faz precisamente sentir-me agradecido(a)? E que sensação me dá este agradecimento?
5. O que me faz vivenciar maior prazer na minha vida neste momento? O que é que me faz exactamente criar esse prazer? E que sensação isso me dá?
6. Onde me sinto neste momento mais implicado(a) na minha vida? O que origina exactamente este envolvimento? Que sensação provoca em mim?
7. Do quê e de quem é que eu gosto? Quem gosta de mim? Que sensação me dá isso?

PERGUNTAS NOCTURNAS
1. O que é que eu dei hoje? De que formas fui hoje um doador (uma doadora)?
2. O que aprendi hoje?
3. De que forma contribuiu o dia de hoje para a qualidade da minha vida? Como posso empregar o dia de hoje como um investimento no meu futuro?

PERGUNTAS PARA RESOLVER PROBLEMAS
1. Qual é o aspecto bom, o que é útil neste problema?
2. O que é que ainda não é perfeito?
3. O que estou disposto(a) a fazer para que as coisas se tornem como eu quero?
4. O que é que eu não quero fazer mais para que tudo se torne como eu desejo?
5. Como me posso divertir com o acontecimento enquanto faço o que deve ser feito para que tudo se torne como eu quero?

Notes from a Friend - A Quick and Simple Guide to Taking Charge of Your Life, Anthony Robbins

quarta-feira, 15 de março de 2006

QUANDO A CRIANÇA INTERIOR SORRI...

José Figueira, consegui, entrei no blog! Cuidado, provoca mudanças...
Cada um de nós possui os recursos necessários para para superar qualquer problema e tomar o controle da vida. Basicamente, não precisamos de ninguém para resolver os problemas por nós. Muitos das nossas limitações foram formadas na infância. Por exemplo, um dia no passado, foi impressionado por um adulto autoritário, sentiu-se minúsculo em comparação a ele; e depois em adulto continua a ser influenciado pela autoridade, como que a parte que teve medo naquele momento fosse sempre estar ligado ao passado. Para libertar esse medo, precisamos de conversar com a criança interior, com a criança que continua registada em memória, e dizer-lhe que já é um adulto, totalmente crescido, e que não tem mais nada a temer, sem qualquer esforço, pode novamente sorrir com todas as cores que a tem a vida e oferece com gratidão.
Henrique.

O ESPÍRITO, A REALIDADE E A ILUSÃO

UMA BREVE MEDITAÇÃO

Confortavelmente sentados, deixemos o nosso espírito em descanso, no seu estado natural... nós distendemo-nos, relaxamos as nossas tensões e mantemo-nos sem nenhuma tensão, sem nenhuma intenção particular, sem artifícios.
Deixemos o nosso espírito livre, aberto, como o espaço...
Cheio de espaço, o espírito está claro e lúcido.
Distendido, descontraído, o espírito permanece transparente e luminoso.
Não mantemos o nosso espírito fechado em nós mesmos...
Ele não está confinado à nossa cabeça, ao nosso corpo ou áquilo que nos rodeia, ou ao que quer que seja. Descontraído, ele é grande como o espaço, e engloba tudo... Ele engloba tudo, todo o mundo e o universo. Ele penetra todo o nosso mundo.
Mantenhamo-nos em repouso, distendidos, neste estado de abertura...
Sem limites, totalmente lúcidos e transparentes.
De novo sem orientar o Espírito e sem caír num estado de indiferença ou de opacidade mental, deixemos o Espírito num estado de alerta e vigilante...
Nesse estado, o espírito está aberto e desprendido, é a sua vacuidade...
A sua claridade e a sua lucidez conhecedora são a sua luminosidade...
Todos os aspectos que ele conhece distintamente e sem nenhum entrave, são a inteligência ilimitada.
Permaneça em repouso, o espírito na sua imensidade lúcida, aberta e distendida.

Volte ao aqui e agora no seu próprio tempo.

segunda-feira, 13 de março de 2006

Acabei de receber um curioso e-mail do Lucas Derks:

Este fim-de-semana uma algarvia foi especialmente à Holanda para seguir o curso sobre Panorama Social do Lucas Derks em Ultreque.
Ela não sabia que tinha acabado de ser realizado um curso ainda mais completo em Portugal.

Panorama Social no Brasil

Desta vez Portugal foi primeiro!

Teremos o curso de PANORAMA SOCIAL com Lucas Derks no Rio dia 16 e 17 de Setembro.
Além disso o Lucas dará uma palestra no Congresso Latino Americano de PNL (de 7 a 10 de Setembro em Campinas-SP) e fará lá também um curso Pré-Congresso nos dias 5 e 6 de Setembro.

Jairo Mancilha
www.pnl.med.br

sábado, 11 de março de 2006

“A Vida não é do jeito que deveria ser. É do jeito que é. A forma como você lida com esse facto é que faz toda a diferença.”
*
Virgínia Satir

A caixinha dourada

Há já algum tempo atrás, um homem castigou a sua filha de 3 anos por desperdiçar um rolo de papel dourado, daquele papel para embrulhar presentes. O dinheiro era pouco naqueles dias, razão pela qual o homem ficou furioso ao ver a menina a embrulhar uma caixinha com aquele papel dourado e a colocá-la debaixo da árvore de Natal. Apesar de tudo, na manhã seguinte, a menina levou o presente ao seu pai e disse:
- "Isto é para ti, Papá!"
Ele sentiu-se envergonhado pela sua reacção furiosa, mas voltou a "explodir" quando viu que a caixa estava vazia.
Gritou e disse:
- "Tu não sabes que quando se dá um presente a alguém, coloca-se alguma coisa dentro da caixa?"
A menina olhou para cima, com lágrimas nos olhos, e disse:
- "Oh Papá, não está vazia. Eu soprei beijinhos para dentro da caixa. Todos para ti, Papá".
O pai quase morreu de vergonha, abraçou a menina e suplicou-lhe que lhe perdoasse.
Dizem que o homem guardou a caixa dourada ao lado da sua cama por anos e, sempre que se sentia triste, chateado, deprimido, pegava na caixa e tirava um beijo imaginário, recordando o amor que a sua filha ali tinha colocado.

Autor desconhecido

sexta-feira, 10 de março de 2006

“Em alguns séculos, quando a história de nossos dias for escrita com uma perspectiva de longo prazo, é provável que o fato mais importante que os historiadores destaquem não seja a tecnologia, nem a internet, nem o comércio eletrônico. Será uma mudança sem precedentes da condição humana. Pela primeira vez, literalmente, um número substancial e crescente de pessoas tem escolhas. Pela primeira vez, elas gerenciam a si mesmas. E a sociedade está completamente despreparada para isso”.
Peter Drucker

Respondendo a perguntas enviadas por e-mail: Sobre dor, parto, PNL e Reiki

Pode a PNL aliviar as dores de parto?
Não se atingem os mesmos resultados com PNL e Reiki?


Sobre aliviar as dores de parto talvez seja interessante consultar directamente hipnoterapeutas especializados no assunto.
Sobre Reiki sei que há trainers de PNL que combinam Reiki e PNL. Eu não faço isso. São dois mundos para mim muito diferentes.

Eis o que me parece que a PNL diz sobre isso:
- se acredita que Reiki faz o mesmo que a PNL, certamente que o fará!
Em termos de PNL - as "energias", independentemente de existirem ou não, são só eficientes como resultado da crença. A PNL estuda a estrutura da crença e como se pode aumentar ainda mais a crença de modo a ter ainda maiores resultados positivos. Assim com PNL pode-se fazer Reiki ao quadrado, não pelo Reiki em si, mas pelo poder ilimitado das convicções. Claro que isto é discutível mas segundo a PNL é precisamente o mesmo que acontece com homeopatia ou com a medicina tradicional. Tenho um amigo que diz que o mais importante na vida, não é os resultados da investigação chamada de “científica”, mas sim os efeitos “placebo”.

Espero sucintamente ter dado aqui as diferentes formas de abordagem - como realizar “objectivos”. A PNL aborda estruturas e o que quer é saber como as coisas aparentemente misteriosas funcionam para aplicá-las na prática. No fundo o que acaba por funcionar verdadeiramente são os nossos modelos do mundo.


Sobre as dores de parto.
Sou homem e portanto não posso nunca senti-las realmente. Mas devo dizer que senti também por duas vezes dores de parto quando a minha mulher deu à luz. Claro que não posso saber quais as dores mais dolorosas, se as minhas ou da minha mulher.
O que sei é que há muitas mulheres que (nunca fariam Reiki nem PNL para evitar a dor) mas que dariam tudo para poder sentir novamente as dores abençoadas resultantes do nascimento duma nova criatura no mundo.

José Figueira

1º Congresso de PNL em Espanha

quarta-feira, 8 de março de 2006

Eros e psique


Conta a lenda que dormia
Uma Princesa encantada
A quem só despertaria
Um Infante, que viria
De além do muro da estrada.


Ele tinha que, tentado,
Vencer o mal e o bem,
Antes que, já libertado,
Deixasse o caminho errado
Por o que à Princesa vem.

A Princesa Adormecida,
Se espera, dormindo espera,
Sonha em morte a sua vida,
E orna-lhe a fronte esquecida,
Verde, uma grinalda de hera.

Longe o Infante, esforçado,
Sem saber que intuito tem,
Rompe o caminho fadado,
Ele dela é ignorado,
Ela para ele é ninguém.

Mas cada um cumpre o Destino
Ela dormindo encantada,
Ele buscando-a sem tino
Pelo processo divino
Que faz existir a estrada.

E, se bem que seja obscuro
Tudo pela estrada fora,
E falso, ele vem seguro,
E vencendo estrada e muro,
Chega onde em sono ela mora,

E, inda tonto do que houvera,
À cabeça, em maresia,
Ergue a mão, e encontra hera,
E vê que ele mesmo era
A Princesa que dormia.

Fernando Pessoa
Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos.
Provérbio chinês

terça-feira, 7 de março de 2006

PANORAMA SOCIAL MENTAL - ABERTURA PARA UMA NOVA VISÃO

Enquanto Participante do Curso de Panorama Social Mental, pude sentir uma nova oportunidade para ver a Vida em todas as suas dimensões, das suas profundezas, às suas localizações, das suas raízes e posicionamentos até às alturas e ao encanto dos Céus. Tudo existe lado a lado, quando descobrimos pela experiência, que o longe pode ficar perto, que o escuro e o difícil se podem tornar claros e brilhantes. Podemos pois, olhá-los como necessários, e passar a ter uma perspectiva muito diferente dos nossos panoramas sociais, das nossas personificações, da nossa constelação familiar, e da nossa Auto-Imagem. Podemos igualmente, passar a ter uma perspectiva mais brilhante e enriquecedora do Mundo e do Universo.
Ao deixarmos que todas as cores da vida penetrem em Nós, tornamo-nos Seres Humanos, mais livres, mais unos, mais abertos e, sobretudo, mais integrados.

Bem Haja a Lucas Derks pela sua metodologia inovadora e pelo bom espírito com que nos brindou. Bem Haja ao José Figueira por ter trazido este Trainer fantástico para o Panorama Social em Portugal! Bem Haja ao Grupo dos Penelianos, que nestes dias se tornou MAIOR. Todos em conjunto podemos construír a nossa Festa da Vida, inundados por um sentimento de Realização, Construção, União e Partilha, que permanecerá eternamente nos nossos corações.

segunda-feira, 6 de março de 2006